Netflix irá exibir The Hour

O site Netflix é uma sensação e todo mundo já sabe. A novidade agora é que a empresa adquiriu os direitos de exibição da série britânica The Hour. A estreia é prevista para os meses de dezembro e janeiro, a série será exibida no Canadá e nos países da América Latina.

The Hour foi a minha queridinha esse ano. Ainda não terminei a sua curtíssima primeira temporada (apenas 6 episódios), mas é realmente uma produção espetacular. Ambientada nos anos 50, a série apresenta os bastidores do telejornal The Hour. Bel é uma mulher independente, mas que sofre com as dificuldade de ser uma mulher no comando. Freddie é um jornalista apaixonado, do tipo que não deixa perguntas sem respostas. Já Hector faz o estilo vida fácil, casamento rico, apartamento luxuoso e outras futilidades. Os três juntos formam parte da equipe de The Hour e assumiram a responsabilidade de exibir um telejornal audacioso e com credibilidade.

A série já foi renovada para a segunda temporada, que também terá apenas 6 episódios. A previsão de estreia é para 2012. Clique aqui e leia meus comentários do primeiro episódio.

.

Comentários sobre The Hour

Ontem pude assistir o episódio piloto da série britânica The Hour e só tenho elogios a fazer. Vou fugir das comparações com Mad Men, pois não assisto a série para realmente saber se tem ou não alguma grande semelhança. O que posso dizer é que The Hour me surpreendeu, visto que eu não acompanhava nenhuma série do gênero.

A história se passa em 1956 e tem como protagonistas três personagens super diferentes. Primeiro o Freddie Lyon, que é um jornalista apaixonado pela profissão e revoltado com o jornalismo da época, sonhador e detalhista, ele quer revolucionar os noticiários. Bel Rowley é a determinada. Em um mundo onde os homens são tudo, ela tem que provar diversas vezes para todos, e até para si, que é capaz de ser uma grande produtora. Por último temos Hector, o apresentador charmoso e sedutor. Os três formam uma equipe para o novo noticiário que será lançado em breve, The Hour.

Bel, Hector e Freddie

Bel, Hector e Freddie

O piloto tem uma hora e introduz muito bem e com calma a trama que veremos a partir de agora. O triângulo amoroso que já se formou é bem claro, Freddie ama Bel e Hector sente grande atração por ela. Já Bel deixa transparecer algo por Hector, enquanto podemos notar claramente que ela tem um grande carinho por Freddie. Além disso, vimos nesse primeiro episódio Freddie como um grande jornalista investigativo. Ele se depara com o caso de um homem que foi assassinado, mas toda a situação foi abafada pela mídia, que tratou o assassinato como uma tentativa de roubo. Frustrado com seu emprego que não lhe permite dar grandes furos de reportagem, Freddie aceita a oferta de trabalhar com Bel no novo noticiário, mesmo não sendo como o apresentador.  O problema é que ele vai acabar se tornando um alvo, já que não quer deixar a história passar em branco; principalmente após encontrar sua amiga Ruth, que lhe falou sobre o caso, morta em um hotel.

The Hour vai desenvolver sobre as crises políticas, amor, preconceito e muita intriga. Para vocês que gostam de uma série com conteúdo, fica a dica de acompanhar a nova série britânica do canal BBC 2, que é exibida toda a terça-feira. Gostei muito e indico para todos vocês. Citando o próprio Freddie Lyon: “Vai ser uma hora que você não pode perder.”.

.

A série britânica The Hour

Faz alguns meses desde que eu li pela primeira vez sobre a série The Hour, e de cara já gostei. A história acompanha os bastidores de um telejornal (com o mesmo nome da série) que é situado no ano de 1956. A primeira temporada já tem seis episódios produzidos.

Tudo começou com a crise do canal de Suez. Na época o Presidente do Egito, Gamal Abdel Nasser, decidiu nacionalizar o canal de Suez. Sendo assim, França, Inglaterra e Israel organizaram uma ofensiva de guerra com o objetivo de derrubar Nasser.

Hector (Dominc West) e Bel (Romola Garai)

Enquanto isso está acontecendo, existem três personagens: Freddie, Bel e Hector. Ambos estão trabalhando em um projeto para um novo telejornal. Freddie Lyon (Ben Whishaw) é responsável pelas reportagens de rua e irá se deparar com diversas matérias suspeitas que irão atiçar sua curiosidade. Bel Rowley (Romola Garai) é a produtra do telejornal e uma das primeiras mulheres a assumir um cargo de tal importância, por quem Freddie é apaixonado, mas Bel sente uma forte atração por Hector. Hector Madden (Dominic West) é o âncora do programa e casado com Marnie (Oona Chaplin), apesar de aparentar ser um homem seguro, ele irá se mostrar o oposto, principalmente ao lado de Bel.

Minhas apostas para The Hour são bem positivas. A série vem sendo considerada “a respostas inglesa para Mad Men” e a crítica britânica está ansiosa aguardando a estreia. O jornalismo como tema principal de um seriado, para mim, é uma novidade. O fato de ser ambientada em 1956 é um ponto positivo, já que a série tem diversos temas importantes para abordar. Abaixo segue o trailer, The Hour será exibida pelo canal britânico BBC e estreia ainda esse mês, no dia 19/07.

.