Recomendo

Eu nunca fui a mais fã de série que possuía os tribunais como trama central. Law&Order, por exemplo, eu só assisto quando não passa nada mais de interessante na TV. Um mês atrás eu comecei a prestar atenção nas propagandas sobre The Good Wife na Universal e pensei que essa poderia ser uma série bacana. Quando todos os outros seriados entraram naquelas pausas que parecem nunca acabar (sou dramática) eu resolvi apostar em The Good Wife, e hoje acho que fiz muito bem.

Este drama é maravilhoso, repleto de histórias que nunca perdem a graça. Tanto os casos tratados pela Stern, Lockhart & Gardner, quanto o caso do marido da nossa protagonista, Peter Florrick.

O primeiro episódio já começa com o Peter declarando que renunciou ao cargo de Procurador Geral, pois estava sendo acusado de corrupção e escândalos sexuais. Ao seu lado na coletiva de imprensa, Alicia Florrick, sua esposa. Alicia se mostrou mais que uma esposa naquele momento, tendo que arrumar um emprego de advogada para sustentar seus dois filhos adolescentes, Zach e Grace, após a prisão do seu marido. Ela vai trabalhar na empresa de seu antigo amigo de faculdade, Will Gardner. Lá ela é uma associada júnior competindo por uma vaga na Stern, Lockhart & Gardner com Cary Agos. A empresa conta também com a sócia Diane Lockhart e a investigadora Kalinda Sharma.

Kalinda chegou a trabalhar com o Peter, mas foi demitida. Apesar de ser uma pessoa com o pé atrás com todo mundo, ela e Alicia acabam criando uma amizade, mesmo que discreta.

A série foi se desenrolando até chegar no ponto que estou agora. No último episódio que assisti, “Heart”, rolou o primeiro beijo entre Alicia e Will, coisa que todos já esperavam. Eu sinceramente torcia para isso não acontecer, não sei por que, mas tenho o pé atrás com o Gardner. Só que foi só um beijo, Alicia vai para casa depois e resolve transar com Peter, que esta dormindo em quarto separado. O que não muda a relação deles, apesar da esperança de Peter.

O caso tratado pela empresa de Diane e Will contou com a presença de Patti Nyholm, a advogada que já apareceu na série antes, só que grávida. Patti esta fazendo a defesa de um plano de saúde, Life State, que se nega a bancar uma cirurgia no útero da cliente de Will, pois o bebê não é considerado uma vida ainda. Nos meios legais eles conseguiram levar a melhor, mas quem tem Kalinda como investigadora sempre consegue algo a mais, e Kalinda não fez por menos, clonou o celular de Patti e conseguiu informações sigilosas que acabariam com seu cliente. No mundo dos advogados é tudo um jogo de interesse e um acordo foi feito.

O mais bacana de The Good Wife, é como eles mostram esses jogos. Ser advogado, como a própria Alicia acaba descobrindo, não é simplesmente ir em busca da verdade. Existe uma linha tênue entre a verdade e defender seu cliente.

Amanhã tem episódio novo pelo canal americano CBS. A Universal que transmite a série aqui no Brasil, está em pausa e retorna no dia 3 de maio com o episódio “Bang”. Pra quem não assiste a série ainda, eu recomendo demais. Vai se apaixonar desde o primeiro momento.

Anúncios

Glee na Casa Branca

A família mais poderosa do mundo é fã de Glee. Michelle Obama e suas filhas Sasha e Maila já haviam declarado que adoram a série. No evento de Páscoa que rolou na Casa Branca hoje, adivinha quem participou? O elenco de Glee.

Vocês podem conferir em alguns vídeos que encontrei no youtube como foi esta apresentação (a qualidade não está das melhores infelizmente)

[

Outro episódio maravilhoso

Para a minha felicidade não foi só Private Practice que me agradou nessa semana. Grey’s Anatomy veio com um episódio bacana, “Sympathy for the Parents”. Já curti logo de cara a Meredith com suas crises e já que não consegue falar com ninguém recorre ao Karev enquanto ele esta no banho. Fazia tempo que não tinha uma cena no famoso banheiro, né? Já foi palco de luto, de sonhos eróticos, de conversas melodramáticas e agora conselhos sobre o futuro.

Segundos depois surge outro Karev, Aaron, irmão mais novo do Alex. Ele esta com uma hérnia no umbigo e a Bailey acaba fazendo uma cirurgia grátis para ajudar. Só que durante o processo de exames, Aaron acaba contando o passado sinistro dos Karevs. Eu sabia que o Alex tinha sofrido alguma coisa na infância, só não sabia que era tanto. Enfim, chegou a rolar briga de soco no Seattle Grace Hospital entre os irmãos. Aaron recriminou Alex por “abandonar” a família e tocou na ferida quando falou da Izzie, que por sinal enviou os papéis do divórcio. Eu tinha fé que quando ela voltasse para a série a história deles pudesse ser reconstruída, mas agora parece que terminou mesmo.

Por que o Chief McDreamy fez o favor de contratar novamente aquela sem sal da April? A única parte boa é que acredito que irá rolar um atrito com ela e a Meredith, porque tirando isso ela é muito sem graça e não acrescenta em nada.

Então todo mundo ta a fim de ter filho? Callie quer e a Arizona não, quem diria? Mas não tenho duvidas que elas podem até se separar um tempo por culpa disso, só que mesmo assim vão voltar. Foi um casal que deu certo desde o início e eu adoro. Torço por isso pelo menos.

Cristina Yang e Owen, BLÉH! Nunca gostei e acho que nunca vou gostar. Ele é muito chato. Acho que ninguém vai substituir o Burke, ele se sentia do mesmo jeito que ela quando o assunto era cirurgia. Já com o Owen, tudo é oposto. Yang precisa de um homem confiante e sem traumas. A Teddy que combina com ele, afinal, os dois passaram por coisas que só eles podem entender e ela não combina com o Mark.

Por sinal, primeira vez que a Little Grey e o Big Sloan se falam depois de tudo. Será que eles vão ser tipo super amigos agora? Por um momento eu pensei que era ela tocando a campainha, mas não, Sloan Sloan de volta. E o bebê, com quem vai ficar?

Vamos ter que aguardar mais um tempo, pois Grey’s Anatomy está em pausa novamente, sem data definida para o próximo episódio.

Desistir ou não desistir?

Cougar Town começou me ganhando. Achei engraçada a maioria das tiradinhas cômicas e os personagens exagerados. Meus prediletos, Travis, Laurie e é claro o Bobby. Gosto um pouco do Andy, mas normalmente sinto pena dele, coitado do homem, é o cachorrinho do melhor amigo, da mulher, e se duvidar até do seu bebê.

Enfim, acabei de assistir o episódio 19 “Everything Man” e achei um saco, sério, de revirar os olhos e bufar esperando terminar. Estou achando as piadas forçadas demais e meio sem nexo. Sabe aqueles amigos que todo mundo tem que adora fazer piada toda hora? Então, Cougar Town possui um elenco completo desse tipo.

Ok, posso estar criticando demais, por isso vou esperar até o final da temporada pra ver se volta a me conquistar. Mas por enquanto esse é estado em relação a série estrelada por Courtney Cox. Torço mesmo por uma melhora no roteiro.

Novidades em Private Practice

Private Practice voltou a acender sua chama em meu coração. Depois de uma estréia de temporada BOMBÁSTICA, eu estava achando que perderam toda a criatividade por ali. Sinceramente não gostei do envolvimento do Sam com a Addisson e nem do Cooper separado da Charlotte.

Depois disso Violet some por umas semanas, Addie começa uma coisa enrolada com o Peter que até ficou bacana, e a Naomi ganha o coração de dois de uma só vez. Por sinal, acho que a Nai ta arrasando nessa temporada. Me identifico com ela e sua gula por chocolates nos momentos de angústia.

Então lá estava eu, meio assim com Private Practice, esperando pelo dia que ia vir um super episódio, quando de repente vai ao ar o episódio 19 “Eyes Wide Open”. De inicio já contamos com uma surpresa, Dra. Amelia Shepherd, irmãzinha caçula de Derek Shepherd. Ela chega cheia da pose, neurocirurgiã como o irmão, mas digamos que um pouco invejosa em relação ao favoritismo do mais velho. Acho que ela vai ser uma boa pedida para série, e além do mais, garantimos um crossover com Grey’s Anatomy futuramente.

Segunda surpresa do episódio, Cooper e Charlotte começam a se entender, mesmo que seja só nó trabalho, mas foi lindo ver o Cooper admitindo suas grosserias para o vovô que ele estava aconselhando. E curti amizade dela com o Sheldon.

Agora a mega surpresa. Quando as coisas estavam se encaminhando para a protagonista do nosso seriado, quem resolve renascer das cinzas? Dra. Violet Turner. E pela animação que ela chegou à casa do Peter antes de ver sua colega de profissão/amiga, pareceu estar disposta a reatar com o pai do seu filho.

Deu pra sentir tudo que esta por vir?